O impacto do Google Update nos resultados de busca

27 de Setembro, 2015 - 4 minutes read

Fazia ideia que o Google faz mais de 500 atualizações ao algoritmo de busca por ano? Imagine como é que elas interferem na performance das marcas.

Essas atualizações constantes (são feitas mensalmente pequenas modificações) interferem no posicionamento – e consequentemente – no desempenho das marcas na internet: seja no modus operandi dos procedimentos de SEO, como nas estratégias de marketing digital.

É (muito) importante estar atento a essas atualizações.

 

Qual a razão de tantos updates?

O aspeto prioritário para o Google é promover uma excelente experiência para os seus utilizadores. É a partir daí que o Google trabalha rapidamente para proporcionar não só os melhores resultados nas suas pesquisas, como os melhores meios para que as pessoas acedam a essas informações, de maneira ágil, simples e amigável.

Essa regra de ouro do Google pode ser observada principalmente em duas atualizações:

Mobile Update

Em abril 2015, ocorreu uma transformação impactante no mecanismo de busca do Google que chamou muito a atenção. O Google Update batizado de Mobilegeddon passou a avaliar melhor as adaptações para dispositivos móveis de um site, dando prioridade a sites responsivos ou com versão mobile nos primeiros resultados de busca.

Quality Update

Um mês depois apareceu o Quality Update, como ficou conhecido, que passou a priorizar a qualidade do conteúdo de uma página como um de seus fatores-chave para estabelecer o ranking. Páginas com informações úteis e práticas para as pessoas (que não contavam com grandes textos cheios de palavras-chave) ganharam notoriedade nos resultados de busca.

 


 

 

Quem sabe da importância de um bom trabalho de SEO e de como uma atualização do Google vai determinar a visibilidade de um site precisa de estar sempre preparado para monitorizar e lidar com as possíveis oscilações no seu posicionamento.

Uma dessas situações aconteceu em fevereiro de 2015. Antes mesmo de divulgações oficiais mais detalhadas por parte do Google, os desenvolvedores mais atentos começaram a observar e acompanhar as oscilações na SERP. Por meio de ferramentas de monitoramento, puderam detectar flutuações de palavras-chave na SERP da noite para o dia, mesmo sem saber ao certo se essas mudanças estavam diretamente ligadas às atualizações feitas pelo Google.

E toda essa atenção imediata é válida: mesmo que um Google Update de grande porte demore meses para completar a sua execução, isso também não quer dizer que os impactos demorarão a aparecer, e nem são motivos para adiar as ações que vão fazer com que seu site esteja preparado para as novas exigências técnicas do algoritmo.

Calibrar o seu negócio online

Quando a atualização do Mobilegeddon passou a privilegiar as páginas mobile-friendly, alguns sites obtiveram, em muito pouco tempo, um aumento notável no seu posicionamento e visibilidade. Isso significa que é essencial que procure um profissional para otimizar a sua posição no Google.

O investimento financeiro em planeamento continuo e eficiente de SEO é mais do que necessário para que um site, não sofra uma queda de visibilidade repentina.
Fonte: Conversion & Moz