Todos nos já nos associamos a alguém nas redes sociais, talvez alguém com a nossa profissão, alguém que admiramos pelo estilo de vida ou, até mesmo, alguém que nos faça rir. A única diferença entre nós e essa pessoa são os seus cem mil ou mais seguidores.

Os influenciadores são bons com as suas palavras, mas muitas vezes não há nada de espetacular neles. Com tempo suficiente para pesquisar e editar material, provavelmente poderíamos criar conteúdo idêntico como o deles, aponta a Forbes.

 

Posto isto, o que eles fazem para atingir esse nível de popularidade e autoridade?

 

Essas pessoas denominadas como digital influencers, são uma componente crucial do marketing de influência (um conjunto inteiro de táticas criadas para ganhar influência, seguidores e autoridade ao trabalhar com pessoas mais populares).

Caso tenha interesse em se tornar um influenciador, ou se quiser saber como esses influenciadores alcançaram essa posição de poder existem alguns fatores que influenciam esta eventualidade. Tais como a sorte, o momento certo, o hashtag certo influenciam e muito este processo. Todos nós somos potenciais influenciadores. O primeiro passo passa por definir um público alvo e alimentá-lo consoante os seus gostos, preferências e hábitos que gostam ou gostavam de praticar.

Por exemplo, caso o nosso público alvo fossem adolescentes do sexo feminino que tenham um particular gosto por moda. A partilha constante de novos produtos que estejam atuais é potencialmente alvo de curiosidade por parte do público feminino e, por consequência, vai ficar cada vez mais atento ao conteúdo publicado. O mesmo acontece caso o público alvo fosse de fitness ou lifestyle.

É extremamente necessário que um influenciador digital tenha um relacionamento de confiança com o seu publico alvo, assim, a admiração vai surgir ao longo do tempo.

Como é óbvio, as marcas necessitam destes influenciadores de forma a apelarem a sua notoriedade no mercado.

A identificação com marca e o posicionamento do influenciador na internet é fulcral. Está provado que este ramo do marketing é extremamente mais eficaz que anúncios de Televisão ou Rádio. O alcance deste é mais do que aquele que podemos imaginar.

Tal como aponta a revista Forbes, “os influenciadores de redes sociais de hoje tiveram sorte, mas a sorte pode ser criada artificialmente. Por exemplo, alguns influenciadores tiveram sorte porque estavam no lugar certo na hora certa, mas se estudarmos as suas informações demográficas e tendências de conteúdo, poderemos programar o seu conteúdo com mais precisão.” Por outro lado, alguns influenciadores tiveram sorte porque um de seus conteúdos tornou-se viral.

A verdade é que qualquer um tem o potencial de se tornar um influenciador, mas apenas alguns de nós dedicam algum tempo e recursos necessários para se tornarem um. Timing e persistência são fatores chave.

Fonte: adaptado de Forbes

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,